terça-feira, 19 de março de 2013

E se...?

 E se for grave o que eu sinto, e se é a hora de partir para um outro lugar. Eu não quero isso, como eu sei que você também não quer, somos muito importantes um pro outro, para sofrer grande perda como essa seria.

 E eu penso como seria a minha vida se fosse sem você, eu te ligaria, mais você nunca atenderia, sua voz aos poucos seria apagada da minha memória. Eu fecharia os olhos, mas não conseguiria lembrar direito do seu rosto, no fim você só seria uma lembrança distante. E eu não quero que isso aconteça, não enquanto eu viver. Sou muito orgulhosa para deixar você partir primeiro que eu.

 Enquanto separados só pelo fio da distância, eu penso em você constantemente. E reflito no quanto foi bom te conhecer. Temos tanto tempo perdido entre essa distância assassina, que me mata cada vez, me deixando com uma enorme saudade no peito.

 Se é assim com você vivo, imagine você longe de mim para sempre. Afirmo, ia ser bem pior. Muito pior.
 Eu choraria todas as noites, e pediria no meio da escuridão do nosso quarto que você voltasse, pois faz uma enorme falta para mim. O buraco que você deixaria no meu coração iria aumentar cada dia mais.

 E ás vezes num sonho ou outro seu nome rolaria em minha boca, eu estaria em um sonho feliz. Nós dois juntos em um piquenique, numa tarde nublada, e quando eu acordasse, cairia na realidade e perceberia que aquilo tudo não passou de um sonho feliz.

 E tudo seria tão vazio e tão triste. Eu não receberia mais beijos de bom dia, nem um abraço depois de um longo dia de trabalho exaustivo; não ia ter mais ninguém que eu pudesse lembrar que já havia passado a hora de fazer a barba.

 Não teria ninguém pra dormir abraçadinho comigo, nem alguém que pudesse abrir o pote de azeitonas pra mim. Ou simplesmente fazer um café da manhã, encantador, especialmente para mim. E quem lembraria das datas que eu esquecesse, que faria guerra de travesseiros comigo, quem diria que tudo iria ficar bem na hora que que eu mais precisasse. Quem?

 E se isso tudo fosse real. E se fosse só um pesadelo? Pelo sim e pelo não, eu continuo vivendo aqui, junto contigo no nosso sonho real.
_________________________________________________________________________________

Este texto foi basicamente baseado no Filme P.S Eu Te Amo e no meu amor. Aqui está a trilha sonora do filme, que por sinal é muito boa. Beijos para todas.




2 comentários:

  1. Oi Bruna,
    conheci seu blog através do "Vinte e poucos" e adorei esse texto, acho que lembra um pouco o meu próprio estilo de escrever, rsrs.
    Estou seguindo o blog ;)
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo elogio. E também pela visita. Beijos. =)

      Excluir